dia 11 de dezembro 2015

Muitas mensagens foram trocadas e finalmente marcaste nos encontrarmos. A tesão entre nós é evidente e o teu desejo por mim já existe há mais tempo do que o meu desejo por ti! Tua respiração está pesada e penso o que vai na tua mente para esse teu nervosismo. Tiro o meu casaco e vejo teus olhos percorrerem todas as curvas de meu corpo, aproximo-me de ti e sempre andando te encosto a parede mais próxima sempre olhando em teus olhar aproximo meu rosto do teu numa tentativa de te beijar mas foges ao me agarrar e colocar a mim encostada na parede. Teu olhar emana fogo e tuas mãos começam a percorrer meu corpo e quando a cintura chegam me pegas no colo, fico surpresa e coloco minhas mãos em volta de teu pescoço. Sem perder tempo beijo-te e desta vez não foges e me respondes com um beijo ardente. Sem nunca me tirares de teu colo me levas e me colocas sobre a cama, vens sobre mim teu corpo em cima do meu e só poucos centímetros distanciam nossos corpos agarro teu pescoço e te beijo, começas a levantar meu vestido até o despires de meu corpo, sentada na cama começo a desapertar cada botão de tua camisa e ta dispo. Volto te sobre a cama e fico sobre ti de lingerie, a única roupa que não tiraste do meu corpo, debruço-me sobre ti e teu corpo emana calor, ia beijar-te mas desisto, sei que estás excitado sinto o teu pau teso ainda em tuas calças entre minhas pernas... calmamente desaperto teu cinto e tuas calças,  e dispo-as. Calmamente, e para te fazer sofrer, beijo teus lábios, vou descendo passando por teu pescoço e peito demorando mais pelo teu umbigo, sinto a tua ânsia, e quando finalmente minha boca chega a teu pau gemes de prazer, minha língua serpenteia por todo seu comprimento até te dar a satisfação total. No final despes-me a restante roupa e colocas de 4 na cama, minhas costas arqueiam ao te sentir perto de meu corpo, uma de tuas mãos está pousada sobre meu rabo e outra percorre minhas costas até chegar a meu cabelo que puxas devagar de forma a meu rosto levantar, primeiro me penetras com 2 dedos para depois me foderes com teu pau.. As horas rapidamente passaram e vejo que já é de madrugada dormes profundamente e olho teu corpo nu, silenciosamente me levanto e me visto sem nunca tirar os olhos de ti...
Sorriu triunfosa!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email