dia 15 de maio 2015 - parte III

Acordo depois de um leve sono e ainda estou vestida com a minha roupa vestida e meus pés descalços. O quarto está escuro e a casa está num profundo silêncio depois de toda a agitação e vou a tua procura... Desço devagar as escadas e vejo uma frincha de luz e lentamente abro-a a porta e lá estas tu, entro lentamente e me sento na tua secretaria. Ainda não deste pela minha presença estas de costas olhando pela janela... toco teu cabelo, que esta húmido, e ai sim dás pela minha presença e te viras, levantas-te e vens ter comigo. Colocas tuas mãos em minhas cintura e beijas meus lábios, pegas minhas mãos e te sigo... estamos de volta ao quarto e só agora com a luz acesa vejo toda a sua magnificência. A parede em frente a cama e toda de uma grade ornamentada e me deixa hipnotizada. Chegas perto de mim e desapertas meu vestido e tiras as alças de meus ombros e o deixas-lo cair no chão. Encostas-me à grade e unes as duas pulseiras numa só usando a corrente e me prendendo em uma das grades, vais até a cómoda e abres uma gaveta e de la tiras uma chibata e uma venda que prontamente ma colocas. Sinto-te percorreres levemente o meu corpo com a chibata e me batendo suavemente... aproximas-te de mim para me beijares e sinto teu corpo nu colado ao meu, enrolas minhas pernas em tua cintura e suavemente me fodes!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email